© Pedro Pinho
© Albano Soares
© Paula Gonçalves
© Rui Félix
© Paula Gonçalves
© Pedro Pinho

2017 em Retrospectiva

SPECO

 

 

Em 2017 a SPECO lançou diferentes eventos que contribuíram para a adesão de mais sócios e promoveram a visibilidade junto da sociedade civil.

Para os sócios recém doutorados foi lançado o Prémio de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias (http://www.speco.pt/pt/iniciativas?start=5), que recebeu nove candidaturas de norte a sul do país. Os trabalhos seleccionados foram amplamente divulgados na imprensa nacional e nas redes sociais tendo tido, por isso, um impacto considerável que irá prosseguir em 2018.

No primeiro trimestre a SPECO lançou o Ecologiaon top (http://www.speco.pt/pt/iniciativas/52-ecologia-on-top) sob o qual se propunha organizar uma série de eventos para mostrar a Ecologia como ciência fundamental na construção de caminhos mais sustentáveis, em prol de um desenvolvimento humano compatível com os recursos disponíveis. A ideia subjacente a esta proposta foi a de divulgar o conhecimento dos Ecólogos Portugueses e alcançar consensos pragmáticos que, idealmente, possam vir a ter um impacte imediato na visão e gestão do meio ambiente em Portugal.

No âmbito do Ecologiaon top  organizou-se um debate público na Escola Superior Agrária de Coimbra sobre a Reforma Florestal proposta pelo governo e enviou-se um parecer à Assembleia da República com os tópicos discutidos e apresentados pelos diferentes palestrantes convidados (http://www.speco.pt/pt/iniciativas/28-debates-publicos).

Aproveitando as celebrações dos 150 anos de Haeckel, considerado o pai da ecologia, a 14 de Setembro de 2016, a SPECO promoveu em 2017 este dia como Dia da Ecologia ou “Ecology Day”, propondo aos diferentes sócios, de norte a sul do país, apresentarem actividades que pudessem mostrar à sociedade o papel relevante que os investigadores realizam em prol da Ecologia em Portugal. A proposta contou de imediato com o apoio da Comissão Nacional da UNESCO e envolveu, directa ou indirectamente, cerca de 30 investigadores. As actividades oferecidas cativaram o público em geral, famílias, estudantes do ensino superior e cientistas, dependendo das datas em que foram inseridas, num total de mais de 200 pessoas. A divulgação foi realizada através do site (http://www.speco.pt/pt/iniciativas/52-ecologia-on-top/113-ecology-day-14-de-setembro-2017), Facebook e Twitter da SPECO, para além da efectuada pelas próprias unidades de investigação. A este propósito foi submetido um artigo à revista WebEcology, que foi aceite, estando já disponível online (https://doi.org/10.5194/we-17-65-2017).

As actividades científicas culminaram com o 16º Encontro Nacional de Ecologia, que decorreu em Lisboa, nos dias 9 e 10 de Novembro, com a participação de 90 investigadores, maioritariamente jovens ecólogos. Durante este encontro foram entregues os prémios de Doutoramento em Ecologia - Fundação Amadeu Dias, que tiveram grande impacto na imprensa nacional (https://funchalnoticias.net/2017/10/26/investigador-madeirense-ganha-premio-de-doutoramento-em-ecologia/; https://www.noticiasdecoimbra.pt/investigadores-avaliam-os-efeitos-pesticidas-agricolas-nos-organismos-marinhos/) e nas redes sociais.

Finalmente, a SPECO participou activamente com pareceres (http://www.speco.pt/images/iniciativas/2017/ENCNB2025_SPECO.pdf), cartas de opinião (http://www.speco.pt/pt/iniciativas/50-nos-media), críticas construtivas (http://www.speco.pt/pt/iniciativas), que foram enviadas ao governo e à Assembleia da República sobre diferentes temas legislativos nomeadamente, Reforma Florestal, Estratégia Nacional da Conservação da Natureza e Biodiversidade, Estratégia de Educação Ambiental, Fundo Ambiental, para além de outros temas que marcaram a sociedade portuguesa durante o ano de 2017.