×

Aviso

com_content.article: Field=text
youtu.be urls are disabled

Biodiversidade e Conservação de Invertebrados em Portugal | Nº 7 | Janeiro - Abril 2014

Durante a última década assistimos a importantes desenvolvimentos no conhecimento da biodiversidade de organismos invertebrados do nosso país, com a descoberta de novas espécies e um melhor conhecimento da biologia de muitas outras, entre elas, espécies endémicas, raras ou protegidas por directivas internacionais. Houve também um esforço considerável no sentido de valorizar, conhecer melhor e divulgar a rica biodiversidade de invertebrados de Portugal.

Neste contexto afigurou-se como crucial a realização de um encontro dedicado à Biodiversidade e Conservação de Invertebrados em Portugal onde se procurasse fazer um ponto de situação relativo ao estado da arte sobre os organismos invertebrados do nosso país e simultaneamente se procurasse delinear uma estratégia conjunta para melhorar o seu conhecimento baseada na cooperação individual e institucional e na valorização da recolha, organização e divulgação da informação. Esse evento, o primeiro Encontro sobre Biodiversidade e Conservação de Invertebrados em Portugal (EBCI 2013), decorreu nos dias 3 a 5 de Julho de 2013, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, tendo sido uma iniciativa conjunta da Sociedade Portuguesa de Entomologia (SPEN), do Centro de Biologia Ambiental (CBA), do Grupo de Biodiversidade dos Açores (GBA), do Instituto Português de Malacologia (IPM) e da Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO).

Neste número da Ecologi@ pretende-se dar a conhecer alguns dos trabalhos apresentados no EBCI, mas também outros estudos relacionados com o conhecimento e divulgação da biodiversidade de invertebrados de Portugal. Os organismos invertebrados apresentam uma elevada riqueza específica e um número considerável de endemismos no nosso país, desempenham funções ecológicas determinantes para o normal funcionamento dos ecossistemas e as suas actividades podem ter impactos (positivos ou negativos) consideráveis na economia. Estes e outros aspectos justificam plenamente as iniciativas que se possam fazer para aumentar o conhecimento sobre estes organismos, assim como a divulgação da sua importância junto do grande público.

 

Carla Rego, Mário Boieiro & Artur Serrano (Editores Associados)

 

 

Versão integral em pdf

Capa revistaecologia 7

 

  

Entrevistas

José Alberto Quartau

António de Frias Martins

 

Destaques

Falecimento da Professora Maria Manuela da Gama

Publicação de duas obras fundamentais em Entomologia


Artigos de Divulgação

O papel das coleções de história natural no estudo e conservação de invertebrados

Exposições de divulgação científica: das “Borboletas Através do Tempo” aos “Insetos em Ordem”

Rede das Estações da Biodiversidade: balanço e futuro

 

Artigos Científicos

Os insetos endémicos de Portugal continental

Towards systematic conservation planning in the Azores

Current distribution raises concerns on the conservation of Tettigettalna mariae (Quartau & Boulard, 1995) (Hemiptera: Cicadoidea) in Portugal

A diversidade de macroinvertebrados de pequenas ribeiras mediterrânicas do Sudoeste de Portugal

Diversidade de artrópodes associados à oliveira (Olea europaea L.), no Algarve

Circadian rhythm of adult emergence in the tiger-fly Coenosia attenuata (Diptera: Muscidae) 

 

Teses e Projectos

Indicadores ecológicos do impacto da pastorícia em Montado: uma abordagem integrada

Conflito entre actividades humanas e a conservação de endemismos insulares numa área de elevada biodiversidade à escala mundial

Recuperação de bivalves de água doce ameaçados em Portugal: Projecto LIFE Ecotone

Biodiversidade, endemismos e espécies protegidas associadas às lagoas e cursos de água da Serra da Estrela: valorização de um século de aproveitamento hidroeléctrico

Project FLYPRED - Has tiger-fly a role in biological control of protected crops?